29 Metros quadrados de boas ideias

0 Gostou

Num primeiro impacto pode parecer pequeno, afinal, um apartamento com quarto, sala, cozinha e casa de banho, distribuídos em 29 metros quadrados não é, à partida, considerado espaçoso, amplo ou desafogado. Porém, tudo muda se estivermos a falar de uma habitação com um pé direito ‘à altura’.

Claro que as decisões tomadas pelo casal de proprietários, polaco, estrategicamente delineadas, deram uma ajuda. E o bom gosto… Bem, isso foi o saber casar o melhor de dois mundos.

Para começar há a destacar os tons claros, amadeirados, combinados com o branco e preto. Uma boa estratégia, sem dúvida, uma vez que ajuda a tornar o ambiente mais leve, fresco e arejado. A uniformidade de cores e homogeneidade na escolha dos materiais, fazem deste loft um espaço integrado e coerente.

apartamento-pequeno1

No andar de baixo existe a cozinha, sala e casa de banho. E é a caminho desta que ‘atravessamos’ o corredor ladeado por armários, tão fundamentais quando queremos a roupa organizada. Gosto da ideia do piso axadrezado, apesar de considerar que é um tipo de pavimento que pode cansar com o passar do tempo.

No piso superior existe, naturalmente, o quarto, espaço de recolha que pede privacidade. Para lá chegarmos ‘passamos’ os olhos por outra ideia fundamental quando a palavra de ordem é rentabilizar o (pouco) espaço… Aproveitar o vão das escadas, aqui adaptado a uma estante com livros.

apartamento-pequeno4

Os móveis da cozinha chegam quase ao limite do pé direito duplo (que tem um total de 3,70metros), revelando-se numa fileira dupla de armários acima da bancada com o lava-loiça. Os candeeiros pretos compridos, estrategicamente colocados para iluminar a área de refeições, além de giríssimos, também ajudam na ilusão de que o espaço não é assim tão alto, o que para alguns pode ser desconfortável.

apartamento-pequeno2

E ao falar em candeeiros… já se sabe, um dos truques para não tornar os espaços pequenos em claustrofóbicos é apostar na iluminação. Se repararem, não há neste loft um recanto que não esteja bem iluminado. E não é pura coincidência.

O mobiliário é de linhas retas e além da evidente funcionalidade, anulam a possibilidade de ‘espaços mortos’, facilitando a circulação.

apartamento-pequeno3

Acompanhem o blogue também pelo facebook, instagram e pinterest

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.