Um inspirador (pequeno) apartamento sueco

0 Gostou

A minha primeira casa ‘de casada’ era verdadeiramente sui generis e apesar de ter cerca de 100 metros quadrados, cada uma das divisões era pequena e com pouca arrumação. Lembro-me de ter sido o meu primeiro grande desafio e do ‘gozo’ que me deu pensar em cada um dos detalhes de forma a rentabilizar as áreas, a luminosidade e a arrumação.

Senti muito orgulho do resultado final, e as alterações que levámos a cabo permaneceram ‘’bem pensadas’’ (modéstia à parte) durante os mais de 10 anos que lá passámos. Talvez por isso continue a olhar os espaços pequenos com especial carinho. Talvez, também, por perceber que nos obrigam muitas vezes a ser mais criativos, logo originais, nas soluções que encontramos. São, ainda, a prova de que, muitas vezes, mais não significa necessariamente melhor. Que ‘menos’, neste caso, pode significar uma casa mais, mais acolhedora, mais singular e, absolutamente, única.

No caso sueco que vos trago é a concretização desta ideia. São 35 metros quadrados de conforto, luminosidade e serenidade. Emma Fisher foi a stylist de interiores (se gostam do estilo escandinavo não deixem de visitar a sua página), e para este projeto optou pelos tons neutros, materiais naturais e abundancia de plantas. Por certo, notarão alguns truques bem giros para aproveitar tooooodos os espaços disponíveis… Como o parapeito de janela transformada num banco, por exemplo. Adoro!

Fotografia: Maria Sahlander

Acompanhem o blogue também pelo facebookinstagram e pinterest.

2 Comments

  • Lara moreira

    October 10, 10 2017 09:05:45

    Bom dia,
    Antes de mais os meus parabéns pelo blog, sigo-o regularmente, visto que também sou uma apaixonada pela decoração.
    Uma pergunta, apenas por curiosidade consegue-me dizer quem foi o designer que criou a cadeira cinzenta que está em destaque na foto, na zona da sala de estar? Pois despertou-me bastante atenção.

Deixe uma resposta