Um arco-íris escondido no Alentejo

É fascinada por restauro, objetos retrô e produtos caseiros. Não veste roupa que não tenha sido previamente modificada por si, só usa água-de-colónia para bebé e na mala traz sempre cola branca, pinceis e tintas. Palavras para quê? A arte corre-lhe nas veias e a reciclagem, reutilização e decoração são a sua vida. Filipa Brandão Mira revela-nos tudo o que faz em 24 horas.

Nome: Filipa Brandão Mira.

Naturalidade: Portuguesa. De Lisboa, mas a viver no Alentejo. ‘Culpa’ do marido alentejano, (já lá vão 15 anos). “Fez-me mudar de uma vida de movimento para uma vida mais calma, mas com mais sentido das coisas que me faziam falta.”

Idade: 41 anos.

Profissão: Decoradora; especialista em reciclagem/reutilização de móveis e pequenos objetos; formadora.

8h Levanto-me para ajudar os meus filhos, a Assunção, que tem 11 anos, e o Pedro, de 14. Olho pela janela na tentativa de perceber como está o tempo e começo a ‘engendrar’ o dia. Como trabalho até tarde confesso que, geralmente, acabo por dormir mais uma hora…

FBMprimeira

10h Por esta altura levanto-me e tomo um banho com óleos essenciais naturais (alfazema; lavanda; limão…) que me dão tanta energia. Seguem-se os hidratantes e a água-de-colónia, de bebé! Para vestir opto por roupa prática e diferente, todas as minhas roupas são modificadas por mim. Adoro o estilo hippie chic; vestidos, saias compridas, camisolas XL, casacos curtos, camisas e casacos de renda. Têm de ser coloridos e, com flores, (pintadas à mão, ou não). São uma imagem que me caracteriza, tal como os padrões misturados. À noite mudo drasticamente: Gosto de um estilo mais clássico (sempre a deitar um olho às tendências) apesar de alterar tudo… Não aguento, é mais forte que eu! ‘Defeito’ de profissão: transformar e reaproveitar tudo.

FBM1

10:30h Pequeno-almoço, sempre a ouvir música ou as notícias. É uma refeição importantíssima e adoro-as bem ao tipo dos hotéis… porém, em casa e com pressa, acabo sempre com uma chávena de café com leite e torradas ou uma taça de cereais com iogurte natural.

11h Sigo para o atelier. De verão ou inverno, o meu meio de transporte é a minha ‘super bicla’, pela qual sou apaixonada. É viciante, leva-nos a olhar o nosso pequeno mundo de formas e perspetivas tão diferentes. E ajuda-nos (muito) fisicamente. Além de renovar a mente com bons pensamentos e energias.

11:30h Começo a trabalhar, adoro quando pode ser ao ar livre e sempre, mas sempre, com música, é  pura inspiração! Vejo os e-mails e respondo às questões que me vão sendo colocadas em termos de assessoria de decoração, orçamentos, reciclagem ou recuperação de móveis. Muitas vezes desloco-me a Lisboa, ou outras cidades e, se for caso disso, trago para o Alentejo o material para trabalhar. Neste momento estou a tratar de uma arca antiga cheia de ferragens, que precisa de ser limpa e transformada. A alteração vai ser feita com tecidos de vários padrões. É um trabalho que eu adoro!! Tenho também (entre tantos outros) um serviço de porcelana para forrar em tecido com uma técnica que inventei e resultou de forma surpreendente.

FBM2

Desde pequena que tenho o fascínio por objetos retro, restauro, limpezas ‘à antiga’ com produtos caseiros… Adoro reaproveitar tudo e dar nova vida aos objetos. Está-me no sangue, e já vem de família: O meu pai, avós, tios e tias sempre foram ligados a estas artes, eu não poderia deixar de sê-lo. Aos 17 anos tirei um curso de marceneira/embutidora, depois outro de restauro de azulejos e pintura decorativa, na Fundação Ricardo Espirito Santo Silva. Fiquei rendida ao universo das madeiras (que o meu querido pai tanto me falava!). Em simultâneo, tinha em casa uma GRANDE mãe, do mais criativo que pode existir. Com ela, aprendi os segredos da cor e as combinações de moda. Era uma criadora de roupa incrível.

FBM4

13h Parar para almoçar, certo? Pois, mas nem sempre… Normalmente, passo esta refeição. Sou mais de lanchar e jantar, a menos que tenha companhia, e aí opto por saladas de coentros (sou fascinada) ou, no inverno, por uma bela sopa. De seguida, retomo os meus trabalhos de reciclagem e decoração, sempre a ouvir musica.

16h Vou buscar a minha filha à escola e levá-la a casa ou deixá-la noutra atividade.

17h/18h Sempre que posso regresso ao trabalho. No percurso tenho uma mania que adoro… Dou uma volta grande de bicicleta e escolho um sítio para parar e sentar-me a ler um livro ou meter os telefonemas em dia.

FBM5

19h/20h Momento para voltar a organizar a logística: trabalhos de casa, banho das crianças, tratar das minhas ‘Dicas de Bricolage’ no facebook, (ver AQUI) e estipular o jantar. Felizmente tenho uma pessoa que me ajuda e, sou sincera, é maravilhoso!

21h Hora de jantar. Não sou nada de televisão e novelas, gosto mais de séries mas também acabo por não ver… Estou sempre com a cabeça em trabalhos, ideias, inspirações. Vejo revistas, livros, programas relacionados com arte ou pesquiso na internet.

23h Depois dos meus filhos estarem deitados regresso aos trabalhos e às experiencias que exijam maior silencio. É hora de mexer nas tintas, pinceis, colas e materiais do género. A esta hora desperta-me a criatividade, adoro a noite.

1h ou 2h Deito-me, com duas ou três frases de um livro. As palavras escritas acolhem-me e interiorizam-se na alma.

RÁPIDA NO GATILHO. 3,2,1…Go!

Na mala levo sempre: Cola branca, pinceis e tintas.

Não passo um dia sem: Beijocar os meus filhos.

Não sei viver sem: Inventar, criar.

Viciada em: Rir, chá e café.

FBMcha

Local sagrado: Qualquer um que seja belo e onde possa contemplar e agradecer.

FBMcontemplar

Cidade preferida: ‘Minha’ Lisboa.

Próxima viagem: New York.

Máxima de Vida: Várias… Tudo o que aprendemos e nos é transmitido deve ser partilhado, a partilha é conhecimento. Tantas outras…’Don`t worry, be happy’; ‘Dê sempre o melhor de si’; ‘Faça o melhor que pode, não olhando a quem’…

Uma característica: Otimista.

Adoro: Crianças, bebes, flores, velhinhos, sol, lua, mar, praia, verde, natureza, energia, cores, alegria, reciclagem, transformação, coisas velhas e com história. A vida!

FBMgostos

Não suporto: Desonestidade e falsidade.

Uma palavra: Amizade.

Um livro: Anna Karenina, de Tolstoi. Fiquei rendida.

Um gosto esquisito: Limões e coentros.

Ritual de beleza: Usar (exclusivamente) água de rosas para limpar o rosto.

Amuletos: As minhas medalhinhas de Nossa Senhora e um crucifixo.

A felicidade é: Dar e receber; transformar e reciclar; criar e preservar; amar e cuidar; é ter luz e cor dentro de nós e poder dividir com os outros!!!!!

FBMfim

Uma Música: Tenho dificuldade em escolher… mas talvez a musica de um filme que amei: Cinema Paradiso, de Ennio Morricone. 

Acompanhem o blogue também pelo facebook, instagram e pinterest.

1 Comment

  • Maria Da Conceição Timoteo

    November 20, 11 2013 12:00:00

    Sou uma admiradora sua desde os programas que fez na Praça da Alegria, adoro tudo que tenha a ver com trabalhos manuais, reciclagem, parabéns pelo seu trabalho.Bjs.

Leave a Reply