Loja das Meias abre na avenida mais IN do país

0 Gostou

A Avenida todos conhecem. A loja também. Faltava apenas um ‘254’ para ajudar a celebrar aquilo que será, certamente, um casamento perfeito. Foi, efetivamente, no número 254 da Avenida da Liberdade, em Lisboa, que uma das lojas de moda mais carismáticas da cidade encontrou as características perfeitas para se modernizar e aceitar como um desafio o novo público do século XXI.

Mas recuemos. Foi em 1905 que a Loja das Meias inaugurou, tendo como foco a venda de meias e espartilhos. Hoje, o negócio continua nas mãos da família e foi, precisamente, Pedro António Costa, o neto do fundador da Casa, (e quem tive o prazer de conhecer numa inauguração organizada pela Estoril for Press) que me revelou – visivelmente orgulhoso – os detalhes de uma das imagens de marca da Loja, o painel do mestre Querubim Lapa, intitulado ‘A Mulher’, e datado de 1960. A obra de arte transitou da Loja das Meias do Rossio e ganha aqui um especial destaque visto é quem nos saúda logo à entrada, do lado esquerdo, e que foi, aliás, o ponto de partida para o projeto de design de interiores da responsabilidade da dupla de arquitetas Cristina Santos Silva e Ana Menezes Cardoso do Atelier Ártica. Mas já lá vamos.

Lj Das Meias - 1

Mesmo em frente ao painel, outro factor diferenciador: os corners, com conceito “shop in shop”, das marcas Dior e Céline, desta feita da responsabilidade do conceituado (e excêntrico) arquiteto norte-americano Peter Marino, um verdadeiro veterano no que diz respeito a trabalhar com marcas de luxo, mesmo em Portugal. (Se não o conhecem espreitem aqui porque vale muito a pena. Vão ficar de boca aberta.)

No espaço Dior destacam-se os tons de cinza e prata. Os móveis e estruturas viajaram diretamente de Paris e assentam num tapete de timbres cinzentos de seda especialmente elaborados por artesões do Tibete, que se coordena com as paredes revestidas em papel prata.

Lj Das Meias - 2

Lj Das Meias - 3

Lj Das Meias - 4

Lj Das Meias - 5

Lj Das Meias - 6

Já o espaço Céline utiliza peças em mármore Tavertino da Toscania e um tapete de formas irregulares de cor verde-escuro que sobressai dos tons quentes e suaves das suas paredes. De destacar o jogo de cubos e a montra totalmente decorada com Onix.

Lj Das Meias - 7

O projeto idealizado pela Ártica, para este espaço com cerca de 350 metros quadrados, e dividido em dois pisos, baseia-se numa decoração contemporânea e minimalista. No andar inferior, onde estão as propostas multimarca, os tons são suaves. O chão de microcimento alia-se às paredes em cimento com pigmentos de folha de ouro, latões escovados e as peças em mármore branco Carrara e em negro Marquina, conferem um ambiente mais glamouroso. O único toque de cor escolhido foram as mesas lacadas e o tapete em formas irregulares num tom de azul que vai buscar o mesmo tom aos azulejos de Querubim Lapa que salpicam as paredes de algumas colunas e dos provadores.

Lj Das Meias - 9

Lj Das Meias - 10

Lj Das Meias - 11

Lj Das Meias - 12

O elo de ligação dos dois pisos é por si só uma peça de escultura – um corrimão desenhado especialmente para o local com uma atitude modernista mas que se dilui e que une as várias áreas deste espaço que disponibiliza uma gama tão vasta de marcas como: Dior, Céline, Marc Jacobs, Emilio Pucci, Salvatore Ferragamo, Ralph Lauren Collection, Lanvin, Chloè, Dolce & Gabbana, ou Stella McCartney, para citar apenas alguns exemplos.

Lj Das Meias - 8

Sabemos que as montras exclusivas para avenida são lindas e marcam a imagem deste espaço, mas não se fiquem por aqui, entrem porque a Loja das Meias promete dar cartas pelos menos por mais 120 anos!

Créditos das Imagens: Divulgação.

Acompanhem o blogue também pelo facebook,instagram e Pinterest.

Deixe uma resposta