Loft ‘’vestido’’ de branco

0 Gostou

São, por norma, espaços com um pé direito duplo, sem grandes barreiras ou repartições que subdividam o espaço. O termo loft refere-se, habitualmente, a áreas de armazenamento e, apesar de terem começado a ser utilizados como habitação, desde os anos 50 (séc. xx), primeiro em França e depois nos Estados Unidos, só há poucos anos a ideia ganhou adeptos, significativos, em Portugal.

Apesar de viver numa casa com pé direito alto, as restantes características diferem muito deste tipo de espaços amplos que hoje vos trago… Mas que, pessoalmente, adoro! Questiono-me sempre sobre o aquecimento e conforto destas casas mas isso são outros ‘quinhentos’. No caso e, em concreto, adoro a luminosidade incrível e os vários desníveis que ajudam a delimitar as divisões sem a necessidade de paredes. Os degraus que conduzem à sala de jantar ou cozinha, ou a mezzanine reservada à zona mais privada são bons exemplos disso.

Esta fica em Estocolmo, e como não podia deixar de ser, a típica decoração escandinava de tons claros e aspetos funcionais está presente em cada recanto.

Imagens: wrede.se via gravityhome

Acompanhem o blogue também pelo facebookinstagram e pinterest.

Deixe uma resposta