Esta marca caiu-me no GOTO!

0 Gostou

É com grande orgulho que hoje escrevo sobre uma (nova) marca que me é muito querida. É recém-nascida, acompanhei o seu início de vida, agora é só vê-la voar. Sim, porque a GOTO tem asas e promete alcançar destinos longínquos, não fosse o seu objetivo levar ‘um cantinho português a cada casa’!

Este projeto nacional aposta no design criativo e afirma-se como uma alternativa refrescante a todos os apaixonados por mobiliário de requinte e funcional. É resultado do empreendedorismo de três jovens portugueses que se recusam a cruzar os braços e a aceitar a falta de perspetiva no futuro que paira no país. Um engenheiro de formação, um criativo sonhador e uma algarvia com ‘pelo na venta’ são o trio que nos acabaram de convidar (a si e a mim) para visitar o Lisboa Design Show, na FIL, entre 09 e 13 de outubro, onde vão estar a apresentar a marca.

Querem ver do que estou a falar?

António Tudella, Tudells ou Personnas Gigantus, como é conhecido entre amigos, é o designer da marca GOTO, um jovem sonhador licenciado em Design aplicado a Cerâmica na ESAD.CR que fez Erasmus na Kuopio Academy of Design, na Finlândia. Desde cedo ofereceu a quem o rodeava as suas primeiras ‘obras de arte’, rabiscos que hoje ganharam forma e deram origem a uma marca de mobiliário.

Gonçalo Motas (aka “Motas Sénior”) licenciado em equipamentos de saúde e com mestrado em engenharia electrotécnica é o responsável por desenvolver tudo o que tem a ver com iluminação e mecânica.

Nádia Coelho é a algarvia que tem ‘pelo na venta’ e apesar de mais pequenita é a gotiana mais velha. “Velha não… experiente!”, como a própria diz. Tem 29 anos, é licenciada em ciências da linguagem e pós graduada em Marketing Intelligence pela Universidade Nova de Lisboa. É ela que nos explica tudo o que precisamos de saber sobre a marca.

“A GOTO nasceu da necessidade de querermos ser diferentes, únicos dentro de uma sociedade de iguais que muitas vezes tem medo de arriscar. Por sua vez, o mercado busca incessantemente novas ideias e foge da produção em massa, que aos poucos tornaram os ambientes do nosso dia-a-dia iguais e repetitivos. A diferenciação nas linhas de design de inspiração quotidiana e a utilização de materiais nacionais, conferem à GOTO o cunho de marca portuguesa, dentro e fora de Portugal. A utilização de materiais de cada região revela-se fundamental para que o mundo conheça o nosso país. É também uma forma de promover a cultura e qualidade dos produtos nacionais.”

Não ambicionam produzir em massa, bem pelo contrário, todas as peças GOTO podem ser customizadas para melhor se adequar a cada casa. No site da marca http://pt.gotodesign.pt podem já encontrar algumas peças, com preços que oscilam entre 1500 e os 3000 euros (e que valem bem a pena!).

Aqui fica uma amostra do que ‘a GOTO é capaz de fazer’!

PUZZLETABLE

Do imaginário da nossa infância, o puzzle de bolso serviu de inspiração para uma mesa de centro em que cada peça do puzzle compete uma com a outra, numa dança de protagonismos.  Ébano, nogueira, carvalho branco, azulejo e cortiça são alguns dos materiais que podemos olhar, brincar, mexer.

A mesa de centro Puzzletable foge do padrão de peça de mobiliário estática e convida-o a interagir e a usá-la, para que possa chegar aos seus segredos mais bem guardados.

Materiais utilizados: Contraplacado marítimo bétula 19mm, folha de mutene, folha de maple olho de perdiz, folha de ébano, folha de carvalho branco, tecido de cortiça, azulejos pintados à mão (Caldas da Rainha), pés em inox.

Medidas: 500 mm de altura x 700 mm de largura

AMESAPUZZLE - GERAL

BMESAPUZZLE - PORMENOR AZULEJO

CMESAPUZZLE - PORMENOR PECºAS

DMESAPUZZLE - PORMENOR PE

WORKSTATION

Esta peça conta a história de amor entre um carrinho de ferramentas que se apaixonou por uma máquina de costura. Dos dois, nasceu o carrinho Workstation. Ao pai foi buscar a mania das arrumações com as suas cinco gavetas de lacado branco e forradas a tecido de cortiça, e à mãe a graciosidade do folheado de madeira que a veste.

Mas tem também características apenas suas, detalhes que a tornam única e com personalidade vincada: o tampo num dos materiais mais nobres portugueses – a cortiça e o puxador em couro e tecido de chita.

Graças às suas quatro rodas é possível transportar este móvel comodamente, para que possa utilizá-lo nas mais variadas tarefas e em qualquer lugar.

Materiais utilizados: Contraplacado marítimo bétula 25mm, MDF hidrofugo 50mm, folha de nogueira RW, tecido de cortiça e acessórios (rodas, ganchos).

Medidas: 585 mm altura x 760 mm de profundidade x 420 mm largura

Eworkstation

NAPPRONLAMP 

Utilizado para proteger e decorar qualquer móvel, o “naperon” de renda ou croché é quase indissociável de qualquer casa tipicamente portuguesa.  Para fazer jus a esta “lenda do lar”, inspirámo-nos nas suas linhas para as recriar neste candeeiro de chão.

Fabricado em MDF lacado, o candeeiro Nappronlamp é customizado de acordo com a decoração de qualquer divisão: enquanto que na parte da frente este emite a tradicional luz de cor branca que permite realçar o seu desenho floral,  na parte de trás cria o ambiente perfeito  ao projetar a luz da cor que mais gosta.

Materiais utilizados: MDF hidrofugo 19mm, placa acrílico branco opalino, placa de acrílico de cor, acessórios elétricos (fio, lâmpada, interruptor).

Medidas: 320 mm de altura x 350 mm profundidade x 1100 mm comprimento

FNAPPRONLAMP - FRONT 2

GNAPPRONLAMP - BACK 2

HNAPPRONLAMP - BACK

INAPPRONLAMP - FRONT

APARADOR BORDALO  

O aparador Bordalo deve o seu nome às andorinhas de cerâmica de Rafael Bordalo Pinheiro que abrem as portas aos valores de lar unido, família, fidelidade e lealdade. A andorinha é conhecida por voltar sempre ao local onde fez o ninho e por manter um único parceiro durante toda a vida.

Este aparador foi desenhado para guardar as histórias contadas à mesa e em família, na sua hora mais sagrada. Depois das festas, comemorações, algazarras, partilhas de histórias e aventuras, guardam-se loiças e talheres, faz-se silêncio, fechamos os olhos e respiramos fundo… este é o nosso ninho.

Materiais utilizados: Nogueira, andorinhas cerâmica Bordalo Pinheiro (puxadores), lacado branco, cabedal, cestos (pano cru, verga ou burel), pés de inox.

Medidas: 1435 mm comprimento x 425 mm largura x 790 mm altura

Japarador

COMODA AMOR

Somos testemunhas de amores improváveis onde os opostos se atraem.

Com inspiração no coração minhoto de filigrana criámos a primeira peça da série “Amor”, em que conjugamos a tradição do “naperon” desenhado e recortado a lacado branco, com a inovação do tratamento da madeira e respeito pela Natureza – o casamento entre beleza do passado e a preocupação com o futuro.

É um amor sem defeitos e para a vida.

Materiais utilizados: Estrutura em OSB e frontal a lacado branco.

Medidas: 1600 mm comprimento x 500 mm largura x 880 mm altura

Kcomoda

Para saberem mais cliquem nos links abaixo:

Site

Facebook

António Tudella para o Lisboa Design Show

Revista Maxim

 Os fundadores (António, Gonçalo, Nádia) agradecem!

LGOTO - TEAM

Acompanhem o blogue também pelo facebook, instagram e pinterest.

Deixe uma resposta